Suunto is committed to achieving Level AA conformance for this website in conformance with the Web Content Accessibility Guidelines (WCAG) 2.0 and achieving compliance with other accessibility standards. Please contact Customer Service at USA +1 855 258 0900 (toll free), if you have any issues accessing information on this website.

SIGN UP FOR NEWSLETTER | FREE RETURNS

Suunto Zoop Novo Manual do Utilizador

Intervalo de superfície e de inibição de voo

Quando regressa à superfície, o Suunto Zoop Novo continua a fornecer informações de segurança pós-mergulho e a emitir alarmes. Se, depois do seu mergulho, tiver de aguardar até poder fazer uma viagem aérea, o ícone da inibição de voo é apresentado em todos os modos.

nofly

Para aceder a mais informações sobre os seus intervalos de superfície e de inibição de voo, aceda ao modo de mergulho.

O Suunto Zoop Novo mostra o tempo desde o momento em que emergiu, no campo Surf t. (Intervalo de superfície). O ícone do avião indica-lhe que não deve realizar viagens aéreas. A contagem regressiva para o momento em que será seguro efetuar o voo é apresentada no campo No Fly (Inibição de voo).

suface nofly time ZoopVyperNovo

O tempo de inibição de voo é sempre, no mínimo, de 12 horas e equivale ao tempo de dessaturação quando este é superior a 12 horas. Para tempos de dessaturação inferiores a 70 minutos, o tempo de inibição de voo não é apresentado.

Se a descompressão for omitida durante um mergulho, para que o Suunto Zoop Novo entre em modo de erro (consulte Estado de erro (bloqueio de algoritmo)), o tempo de inibição de voo é sempre de 48 horas.

Se o mergulho for realizado no modo Gauge (Indicador) (temporizador de fundo), o tempo de inibição de voo é de 48 horas.

ADVERTÊNCIA:

SÃO DESACONSELHADAS VIAGENS AÉREAS SEMPRE QUE O COMPUTADOR CONTABILIZAR O TEMPO DE INIBIÇÃO DE VOO. ATIVE SEMPRE O COMPUTADOR PARA VERIFICAR O TEMPO DE INIBIÇÃO DE VOO RESTANTE ANTES DE VOAR! Voar ou viajar para altitudes superiores durante o período de tempo de inibição de voo pode aumentar substancialmente o risco de doença por descompressão (DCS). Reveja as recomendações emitidas pela Rede de Alerta de Mergulhadores (Divers Alert Network, DAN). Não existe nenhuma regra de voo após o mergulho que garanta ausência total de indisposição devido à descompressão!

A Rede de Alerta de Mergulhadores (DAN) recomenda os seguintes tempos de inibição de voo:

  • Um intervalo mínimo para emergir de 12 horas será necessário para garantir, de forma razoável, que um mergulhador estará isento de sintomas durante a subida em altitude em voos comerciais (altitude até 2400 m (8000 pés)).
  • Os mergulhadores que planeiam realizar mergulhos múltiplos diariamente, durante vários dias, ou que realizam mergulhos que exigem paragens de descompressão, devem tomar as devidas precauções e aumentar o tempo de espera para mais de 12 horas antes de um voo. Além disso, a Undersea and Hyperbaric Medical Society (UHMS) sugere aos mergulhadores que utilizam garrafas de ar normais e que não demonstram sintomas da doença de descompressão que esperem, pelo menos, 24 horas após o seu último mergulho antes de viajarem numa avião com uma pressão de cabine até 2400 m (8000 pés). As duas únicas exceções para esta recomendação são:
    • Se um mergulhador tiver um tempo de mergulho total acumulado de duas (2) horas nas últimas 48 horas, recomenda-se que faça um intervalo de emersão de 12 horas antes de realizar uma viagem aérea.
    • Após qualquer mergulho em que tenha sido necessário efetuar uma paragem de descompressão, recomenda-se um intervalo de, pelo menos, 24 horas, e se possível, de 48 horas, antes das viagens aéreas.

A Suunto recomenda que se evitem as viagens aéreas até que as diretrizes do DAN e UHMS, bem como as condições de inibição de voo do computador de mergulho, sejam cumpridas.

Table of Content